Investigaciones contemporáneas en Psicología Educacional

Resumen

Este estudio tuvo como objetivo realizar una revisión de bibliografía sistemática de la producción académica y disertaciones de un Programa de Postgrado en Psicología Educativa, de la línea de investigación "Procesos educativos en el contexto social y político", de un Centro Educativo en el Estado de São Paulo, Brasil. La investigación fue realizada en las bases del Portal de dicho Programa y Portal de la Capes - Catálogo de Tesis y Disertaciones, en el período de 2008 a 2016. Se encontraron 143 estudios, siendo 56 seleccionados para el análisis de la línea de investigación propuesta. De ese modo, elaboramos un panorama sobre las investigaciones realizadas en lo que se refiere al número de producciones, temas, subtemas, palabras clave y aportes teórico-metodológicos. La realización de esa revisión sistemática posibilitó la obtención de un panorama que identificó que la mayoría de las producciones en el campo educativo están ancladas por la teoría histórico-cultural y las representaciones sociales. Verificamos una hegemonía de la investigación cualitativa con referencias a la Psicología educativa y del desarrollo humano, pero sin discusiones sobre desigualdades educativas en lo que se refiere a la temática étnico-racial.

Citas

Artes, A., & Ricoldi, A. M. (2015). Acesso de negros não ensino superior: o que mudou entre 2000 e 2010. Cadernos de Pesquisa, 45(158), 858-881. https://dx.doi.org/10.1590/198053143273
Bezerra, G. F. (2017). A inclusão escolar de alunos com deficiência: uma leitura baseada em Pierre Bourdieu. Revista Brasileira de Educação, 22(69), 475-497. https://dx.doi.org/10.1590/s1413-24782017226924
Brasil (1990). Lei nº. 8.069, de 13 de julho de 1990. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm
Brasil (1996). Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf
Brasil (2003). Lei 10.639, de 09 de janeiro de 2003. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.639.htm
Brasil (2008). Lei 11.645, de 10 de março de 2008. Recuperado em 8 de junho de 2017, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11645.htm
Brasil (2009). Lei nº 12.010, de 3 de agosto de 2009. Recuperado em 10 de junho de 2017, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l12010.htm
Brasil (2014). Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://www.observatoriodopne.org.br/uploads/reference/file/439/documento-referencia.pdf
Brasil (2017). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. Terceira versão revista. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://basenacionalcomum.mec.gov.br/documentos/bncc-2versao.revista.pdf
Brasil (2017). Portaria nº. 389 de 23 de março de 2017. Recuperado em 12 de junho de 2017, de http://abmes.org.br/legislacoes/detalhe/2073
Brito M. M. A. (2017). Novas tendências ou velhas persistências? Modernização e expansão educacional no Brasil. Cadernos de Pesquisa, 47(163), 224-263. https://dx.doi.org/10.1590/198053143789
CGEE. Mestres e Doutores 2015 (2016). Estudos da demografia da base técnico-científica brasileira. Brasília: CGEE. Recuperado em 12 de junho de 2017, dehttps://www.cgee.org.br/documents/10182/734063/Mestres_Doutores_2015_Vs3.pdf
Cintra da Silva, S., Marques Barbosa, F., Guimarães Pedro, L., & Carvalho Muniz, V. (2015). Estudo sobre o estado da arte de um Programa de Pós-graduação em Psicologia DOI - 10.5752/P.1678-9523.2014v20n2p278. Psicologia Em Revista, 20(2), 278-296. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/psicologiaemrevista/article/view/P.1678-9523.2014v20n2p278
Conceição, V. L.da&Zamora, M.H. R. N.(2015). Desigualdade social na escola. Estudos de Psicologia (Campinas), 32 (4), 705-714. https://dx.doi.org/10.1590/0103-166X2015000400013
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior [CAPES] (2004). Plano nacional de pós-graduação [PNPG] 2005-2010. Brasília: CAPES v. 1.
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior [CAPES] (2010). Plano nacional de pós-graduação [PNPG] 2010-2020. Brasília: CAPES v. 1.
Da Silva Fonseca, Thaisa, Viana Martins Portela, Ariane, de Assis Freire, Sandra Elisa, & Negreiros, Fauston. (2018). Assédio Sexual no Trabalho: Uma Revisão Sistemática de Literatura. Ciencias psicológicas, 12(1), 25-34. https://dx.doi.org/10.22235/cp.v12i1.1592
Dedecca, Claudio Salvadori, Trovão, Cassiano José Bezerra Marques, & Souza, Leonardo Flauzino de. (2014). Desenvolvimento e equidade: Desafios do crescimento brasileiro. Novos estudos CEBRAP, (98), 23-41. https://dx.doi.org/10.1590/S0101-33002014000100003
Fernandes, J. S.G. et al (2015). Análise discursiva das representações sociais de idosos sobre suas trajetórias de vida. Estud. interdiscipl. envelhec., 20 (3), 903-920.Guimarães, NadyaAraujo. (2004). Gênero e trabalho. Revista Estudos Feministas, 12(2), 145-146. https://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2004000200009
Gomes, I. S.; Caminha, I. O. (2014). Guia para estudos de revisão sistemática: uma opção metodológica para as Ciências do Movimento Humano. Revista Movimento, 20(1), 395-411.
Gomes, Nilma Lino (2017). O Movimento Negro educador: saberes construídos nas lutas por emancipação. Petrópolis, RJ: Vozes, 154p.
Luna, C. (2017). Gente da FEA. Recuperado em 11 de junho de 2017, de https://www.fea.usp.br/fea/noticias/mercado-de-trabalho-ainda-e-desigual-para-homens-e-mulheres>. Acesso em 9 jun,2017.
Machado, E. M. (2009). Pedagogia Social no Brasil: Políticas, teorias e práticas em construção. Recuperado em 5 de maio de 2017, de http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/PAL010.pdf
Miranda, F. D. S. (2014). Integração das tecnologias digitais da informação e comunicação em contextos educacionais: análise de três momentos de um curso oficial de formação de professores. Trabalhos em Linguística Aplicada, 53(1), 55-77. https://dx.doi.org/10.1590/S0103-18132014000100004
Moscovici, S. (2012). Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes.
Oliveira, C. B. E. de, & Alves, P. B. (2005). Ensino fundamental: papel do professor, motivação e estimulação no contexto escolar. Paidéia (Ribeirão Preto), 15(31), 227-238. https://dx.doi.org/10.1590/S0103-863X2005000200010
Oliveira, F.. D. S. (2015). Liderança e Gênero: estilos, estereótipos e percepções masculinas e femininas. Dissertação de Mestrado. 2015,142f. Departamento de Ciências Administrativas - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Pernambuco.
Ribeiro, Maria Sílvia. (2013). Relações de gênero e de idade em discursos sobre sexualidade veiculados em livros didáticos brasileiros de Ciências Naturais. (Tesis de Mestrado). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Rosemberg, F. (2001). Políticas educacionais e gênero: um balanço dos anos 1990. Cadernos Pagu, (16), 151-197. Https://dx.doi.org/10.1590/S0104-83332001000100009
Salvari, L. F. C., & Dias, C. M. S.B. (2006). Os problemas de aprendizagem e o papel da família: uma análise a partir da clínica. Estudos de Psicologia (Campinas), 23(3), 251-259. https://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2006000300004
Souza Neto, J.C. (2016). Crianças e adolescentes afrodescendentes e o sistema de proteção integral. Laplage em Revista, 2(3), 122-135. https://doi.org/10.24115/S2446-6220201623199p.122-135
Souza Neto, Silva & Moura (2009). Pedagogia social. São Paulo: Expressão e Arte.
Trindade, E. M. V. & Costa, L.F. (2009).A crise da ciência Moderna na Psicologia: reflexões sobre outras Saídas históricas, tais como a ‘Epistemologia Qualitativa’. Com. Ciências Saúde, 20(2), 167-174.
Viotti E.B., Daher S.; Carrijo T.B., Santos R. O. (2016). Programas de mestrado e doutorado, capítulo 1. In: Mestres 2016: Estudos da demografia da base técnico-científica Brasileira, Brasília: CGEE, 40. Recuperado em 12 de junho de 2017, dehttps://www.cgee.org.br/documents/10182/734063/Mestres_Doutores_2015_Vs3.pdf
Wulf, Christoph (2016). Aprendizagem cultural e mimese: jogos, rituais e gestos. Revista Brasileira de Educação, 21(66), 553-568. https://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782016216629
Publicado
2019-05-02
Cómo citar
SILVA, Marcos Antonio Batista et al. Investigaciones contemporáneas en Psicología Educacional. Ciencias Psicológicas, [S.l.], p. 82-94, may 2019. ISSN 1688-4221. Disponible en: <http://revistas.ucu.edu.uy/index.php/cienciaspsicologicas/article/view/1811>. Fecha de acceso: 21 may 2019 doi: https://doi.org/10.22235/cp.v13i1.1811.
Sección
ARTÍCULOS ORIGINALES