Enfermería y atención de salud para la población indígena brasileña: Revisión de alcance

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.22235/ech.v10i2.2345

Palabras clave:

pueblos indígenas, salud de poblaciones indígenas, atención primaria de salud, enfermería

Resumen

Objetivo: Este estudio tiene como objetivo describir la producción de conocimientos de enfermería sobre el cuidado de la salud para la población indígena brasileña. Método: Se realizó una revisión de alcance en LILACS, IBECS, MEDLINE, SCOPUS, SciELO, BDENF, BTDB, CAPES Journals Portal y google scholar, en enero y febrero de 2020. Se incluyeron artículos originales, tesis y disertaciones. La revisión abarcó 16 estudios publicados entre 2010 y 2018. Resultados: Del análisis, resultaron dos categorías: las acciones de enfermería en el cuidado de la población indígena brasileña y las modalidades de atención que utiliza la enfermería en el cuidado de la población indígena. Conclusión. Se concluye que los resultados de esta revisión pueden ser de utilidad para los enfermeros que laboran en el cuidado de la población indígena, quienes necesitan estar preparados y conscientes de los desafíos que conlleva trabajar con esta población.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Berenice Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Enfermeira pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Citas

Martins JCL, Martins CL, Oliveira LSS. Attitudes, knowledge and skills of nurses in the Xingu Indigenous Park. Rev Bras Enferm. 2020;73(6):e20190632. DOI: 10.1590/0034-7167-2019-0632

Oliveira JWB, Aquino JM, Monteiro EMLM. Educação popular em saúde com o povo indígena Xukuru do Ororubá. Rev Bras Enferm, Brasília 2012;65(3):437- 44.

Silva NC, Gonçalves MJF, Neto DL. Enfermagem em saúde indígena: aplicando as diretrizes curriculares. Rev Bras Enferm, Brasília (DF) 2003 jul/ago;56(4):388-391.

Teixeira, DZ et al. O encontro face a face no cuidado em saúde indígena: uma perspectiva em Lévinas. Revista Brasileira de Enfermagem. 2018;71(6):2848-2853.

Peters MDJ, Godfrey C, McInerney P, Munn Z, Tricco AC, Khalil, H. Chapter 11: Scoping Reviews (2020 version). In: Aromataris E, Munn Z (Editors). JBI Manual for Evidence Synthesis, JBI; 2020. DOI: https://doi.org/10.46658/JBIMES-20-12

Tricco AC, Lillie E, Zarin W, O’Brien KK, Colquhoun H, Levac D, et al. PRISMA extension for scoping reviews (PRISMA-ScR): Checklist and explanation. Annals of Internal Medicine; 2018.

Nóbrega RG, et al. A busca ativa de sintomáticos respiratórios para o controle da tuberculose, no cenário indígena potiguara. Revista Latino-Americano de Enfermagem. 2010;18(6).

Fernandes MNF. Representações sociais sobre a praticado cuidado para enfermeiros da saúde indígena: um estudo trasncultural. Dissertação Mestrado em Enf. Universidade Federal do Norte; 2010

Nascimento FF, et al. Cuidado à saúde da comunidade indígena Tremembé: olhar dos profissionais de saúde. Saúde Coletiva. 2011;8(51):138-143.

Oliveira JWB, et al. Promoção da saúde na comunidade indígena Pankararu. Revista Brasileira de Enfermagem. 2012;65(3).

Oliveira, RCC, et al. Situação de vida, saúde e doença da população indígena Potiguara. Revista Mineira de Enfermagem. 2012;16(1):81-90.

Marinelli NP, et al. Assistência à população indígena: dificuldades encontradas por enfermeiros. Revista Univap. 2012;18(32).

Ferraz L, et al. Percepções das equipes de saúde da família sobre o cuidado profissional às crianças indígenas. Dissertação Mestrado em Enf. Universidade Federal de Santa Catarina; 2013.

Falkenberg MB. Representações sociais do cuidado entre trabalhadores que atuam em contextos de interculturalidade na atenção a saúde indígena. Dissertação Mestrado em Saúde Coletiva Universidade de Brasília; 2014

Rissardo LK, et al. Práticas de cuidado ao idoso indígena - atuação dos profissionais de saúde Revista Brasileira de Enfermagem. 2014;67(6):920-7.

Diehl EE, et al. Indígenas como trabalhadores de enfermagem: a participação de técnicos e auxiliares nos serviços de atenção à saúde indígena. Texto Contexto Enfermagem. 2014;23(2).

Rissardo LK, Carreira L. Organização do serviço de saúde e cuidado ao idoso indígena: sinergias e singularidades do contexto profissional. Revista de Escola de Enfermagem da USP. 2014;48(1):73-81. DOI: 10.1590/S0080-623420140000100009

Ribeiro AA, et al. O trabalho de enfermagem em uma instituição de apoio ao indígena. Texto Contexto Enfermagem. 2015;24(1):138-145.

Borghi AC et al. Singularidades culturais: o acesso do idoso indígena aos serviços públicos de saúde. Rev. esc. enferm. USP. 2015;49(04). DOI: 10.1590/S0080-623420150000400008

Ribeiro AA, et al. Processo de trabalho e produção do cuidado em um serviço de saúde indígena no Brasil. Escola Anna Nery. 2017;21(4).

Pina RMP. O Cuidado à saúde da população indígena mura de autazes – amazonas: a perspectiva das enfermeiras dos serviços. Tese (doutorado) Escola de enfermagem USP; 2017.

Coelho LP, et al. O enfermeiro e o cuidado ao indígena idoso: necessidade de abordagem transcultural e o olhar gerontologico. Ciência do Cuidado da Saúde. 2018;17(3).

Barbiani R, Dalla Nora CR, Schaefer R. Nursing practices in the primary health care context: a scoping review. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2016;24:e2721.

Macedo V. O cuidado e suas redes doença e diferença em instituições de saúde indígena em São Paulo. Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2021;36(106).

Freitas FPP, Luna WF, Bastos LOA, Ávila BT. Experiências de médicos brasileiros em seus primeiros meses na Atenção Primária à Saúde na Terra Indígena Yanomami. Interface. 2021;(25):e200212.

Garnelo LSS. Bases sócio-culturais do controle social em saúde indígena: problemas e questões na Região Norte do Brasil. Caderno de Saúde Pública. 2003;19(1):311-317.

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Resolução cofen nº 568/2018 – alterada pela resolução cofen nº 606/2019 [Internet] 2019 [cited 2020 Mai 21]. Available from: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-0568-2018_60473.html

Silva WNT, Rosa MFP, Mendonça KS, Queiroz G, Oliveira SV. Síndrome respiratória aguda grave em indígenas no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil: uma análise sob a perspectiva da vigilância epidemiológica. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia. 2021;9(1):2-11.

Baza DC, Quintero CP. Experiencias del cuidado de enfermería en contexto intercultural. Revista Cultura de los Cuidados. 2018;22(51):114-123.

Gazzinelli MF, Souza V, Fonseca RMGS, Fernandes MM, Carneiro ACLL, Godinho LK. Práticas educativas grupais na atenção básica: padrões de interação entre profissionais, usuários e conhecimento. Rev Esc Enferm USP. 2015;49(2):284-291.

Publicado

2021-11-18

Cómo citar

Silva, B., & Dalla Nora, C. R. (2021). Enfermería y atención de salud para la población indígena brasileña: Revisión de alcance. Enfermería: Cuidados Humanizados, 10(2), 112-123. https://doi.org/10.22235/ech.v10i2.2345